Tradução deste blog

quarta-feira, 18 de dezembro de 2013

EBD LC 12 - LANÇA O TEU PÃO SOBRE AS ÁGUAS.


LIÇÃO 12 LANÇA O TEU PÃO SOBRE AS ÁGUAS.
EBD para 22/12/2013
PONTOS A ESTUDAR:
I – VIVENDO COM PROPÓSITO.
II – VIVENDO COM DINAMISMO.
III – VIVENDO COM FÉ E ESPERANÇA.
IV – VIVENDO COM RESPONSABILIDADE.

 Em tempo: Na dinâmica da vida, nada pode ser desprezado.

I – VIVENDO COM PROPÓSITO.
1.1        Tomando uma atitude.
Pontos importantes a ser considerado:
a)   Conhecemos todas as promessas bíblicas à lei do retorno: “Dai e ser-vos-á dado...”  Lc. 6:38.
b)   Até quando viveremos navegando nas águas da teoria?

O autor sugere que esta palavra seja aplicada à obra missionária e declara que Deus enviou o seu filho com a mais sublime das missões, salvar o mundo. Aproveito para alertar sobre a equivocada visão de alguns sobre eleição e predestinação. Se Deus já tinha os escolhidos ou eleitos, caberia pensar que alguns textos são inverídicos tais como: “Vinde a mim todos os que estais cansados e oprimidos...” Mt.11:28; “Por que Deus amou o mundo de tal maneira... para que todo aquele que nele crê...” Jo 3:16.

1.2        Evitando a passividade.
As igrejas da era apostólica e não eram todas, não ficavam no terreno da contemplação. Um pastor atuante inflama a igreja para que seja atuante, sei o quanto é duro dizer isto, mas, não tem jeito, o exemplo vem do altar. Como é o sacerdote assim será o povo.

 II – VIVENDO COM DINAMISMO.
2.1 A imobilidade da árvore caída (vivendo do passado).
Faz-nos lembrar do texto de Jó no capítulo 29. Claro que no caso de Jó, ele lamenta o que sempre foi com o estado deplorável em que se encontrava, mas, há pessoas que simplesmente tiraram a mão do arado.

2.2 O movimento do vento e das nuvens (vivendo o presente).
A fé não remove apenas as montanhas; ela nos remove do conforto do sofá. Todo final de ano, aquela mesmice: “Não fiz nada neste, mas, (...)”. Com certeza, não fará nada no próximo. Quem tem atitude, faz e não fica esperando a nuvem passar.

III – VIVENDO COM FÉ E ESPERANÇA.

3.1 Plantando a semente.
Esta semana assistindo o Globo Rural, alguns produtores que já tinham desistido, resolveram encarar a China com suas importações e se lançaram no plantio do cogumelo fresco e estavam muito satisfeitos com o resultado. Moral da história, enquanto permanecemos de braços cruzados, as megas e neo pentecostais igrejas vão atacando os arraiais com suas doutrinas nefastas.
Atitude é melhor que reclamação.
 
3.2 Germinando a semente.
Como o assunto é o Reino de Deus, temos que pensar que nesta relação, não podemos ficar pensando se o solo é fértil ou não, a ordem é lançar a semente.
A questão, tão importante quanto semear é a germinação da semente, o seu desenvolvimento e nisso, pecamos muito. Nossas prioridades precisam ser revistas. Não podemos nos esquecer das pragas do campo.

IV – VIVENDO COM RESPONSABILIDADE.
4.1 Fazendo escolhas responsáveis.
Esta parte do comentário, espelha-se no verso 9 do texto da lição.
Sempre nos preocupamos com os jovens e suas escolhas. Sei o quanto é perigoso criar meios de entretenimento para segura-los na igreja, mas, não podemos viver em extremos nesta questão. Em muitas igrejas, cobram muito e oferecem pouco aos jovens.

4.2 Assumindo as consequências.
Acho brilhante o texto de Eclesiastes 12.
“Lembra-te do teu criador...”. As nossas escolhas, determinarão o nosso futuro que pode ser certo ou incerto, saudável ou beirando ao péssimo.
Devemos ensinar os nossos jovens quanto as suas escolhas, mesmo que uma parte deles, não goste da ingerência da igreja.

Nenhum comentário:

Postar um comentário