Tradução deste blog

sábado, 16 de julho de 2011

Universal, Unção do Achar e Governo, só notícias ruins.

Tive a minha atenção voltada para o portal UOL e fui verificar o que de fato aconteceu sobre "Bispo da universal incentiva criança a vender tudo". O que vi, quase provoca um curto circuito na minha inteligência. Dá para alguém perguntar a esse Bispo qual evangelho ensina esse procedimento? ou os fins justificam os meios?
Na página onde estava essa matéria, vi outras chamadas para:
"Ministro admite possível falha em Rodovia que dobrou de preço"
"Nove deputados são suspeitos de desviar R$ 150.000 no Piauí"
"Deputado utilizou verba para pagar silicone da mulher".
E por ai vai.
Entrei no blog do Pastor Newton  Carpintero e fui verificar  por que ele estava aparentemente irritado; percebi que estava, pelo modo como abordou sobre alguns vídeos. Fui atrás para confirmar a minha suspeita e achei:
"A unção do achar" 3 indivíduos intitulados de pastores, estavam no mar da Galileia, diziam com aquela convicção própria dos bispos da universal que iam mergulhar e pegar a agua que tem o poder de achar tudo o que a pessoa queira.  Alguém por favor diga ao Pastor Newton que eu também fiquei irritado, enojado, com tanta raiva que desejei que eles se afogassem naquele mergulho. O Reino de Deus ganharia muito com isso e essa gente não faz falta nem para o evangelho nem à sociedade. Um verdadeiro deboche, essa coisa de vender água do Rio Jordão, do mar da Galiléia ou pedras do Sinai.
Quanto aos representantes do nosso povo, por que aqueles que são honestos, não se mobilizam para "enxotar" de lá, os vendilhões e os aproveitadores. Até quando iremos engolir sapo. A educação e a saúde sofrem e essa gente queimando dinheiro público para o seu prazer!?
Estamos contando com o governo feminino da Senhora Dilma Roussef. Que ela tenha força e coragem para expulsar do seu quadro, quem faz e quem dá cobertura ao erro.
O que alivia a tensão é saber que Jesus vem breve. No seu tribunal, não precisaremos acrescentar nada, ele tem tudo escrito nos seus livros.

Nenhum comentário:

Postar um comentário