Tradução deste blog

sábado, 23 de fevereiro de 2013

EBD LC.8 O LEGADO DE ELIAS


LIÇÃO 08 O LEGADO DE ELIAS.
EBD 24.02.2013. Subsídio.
I – O LONGO PERCURSO DE ELIAS.
II – ELIAS NA CASA DE ELISEU.
III – ELIAS E O DISCIPULADO DE ELISEU.
IV – O LEGADO DE ELIAS.

Em tempo: Claro que conhecemos na Bíblia, chamados anteriores ao de Eliseu. Creio que o mais impactante foi o chamado de Moisés com quem Deus falou cara a cara em Horebe ou Monte de Deus e o mais tocante do ponto de vista da minha emoção foi o chamado de Samuel, quando Deus o chama pelo nome, para dar uma reprimenda no sacerdote Eli. Toda chamada de Deus tem um caráter impactante ou tocante. Quem recebeu uma chamada de Deus pra o ministério, não tributou isto ao término do curso de teologia ou de uma escola de pastores se realmente foi chamado por Deus, cuja honra, ninguém pode tomar para si de qualquer maneira, Hb.5:4.

I – O LONGO PERCURSO DE ELIAS.
1.1        Volta às origens.
O autor descreve a caminhada de Elias até Horebe ou Sinai aproximadamente 400 km. Penso que o grande mal dos que se declaram chamados, é não querer voltar as origens; fazer o seu próprio caminho e por conta disso, muitos danos são irreparáveis.

1.2        Uma revelação transformadora.
“Não somos descartáveis, mas ninguém é insubstituível”, diz o autor.
Se essa frase é verdadeira e sabemos que é, porque muitos dentro  das igrejas acabam causando verdadeiras guerras quando substituídos dos seus trabalhos: Dirigentes de círculos de oração, professores de escolas dominicais e até mesmo o pastor.
O que mata é que infelizmente, muitos são descartados por questões de ciúmes, por antipatia e outras avenças, ou melhor, desavenças, menos pelo justo motivo do bem estar do trabalho.



II – ELIAS NA CASA DE ELISEU.
2.1 A exclusividade da chamada.
Não podemos confundir a exclusividade da chamada com predileção. Predileção é coisa dos homens, por amizade, aparência, dinheiro e outros interesses. A exclusividade da chamada tem a ver com o perfil do chamado.
Conheci ao longo dos anos, muita gente que não se dava bem nos empregos e buscaram na teologia o conhecimento para se ajeitarem no ministério. Uma forma de exorciza-los é mostrando-lhes uma CTPS.
No texto, o autor ressalta as qualidades e virtudes de Eliseu.
A virtude é o patrimônio moral do individuo onde se inclui os dons naturais e espirituais.

2.2 A autoridade da chamada.
A autoridade da chamada é reconhecida pelas virtudes e pela cristalização da relação entre o chamado e Deus;  entre o chamado e aqueles que a ele se submeterão em obediência aos ensinamentos da Palavra de Deus. Muito bom quando uma igreja reconhece no seu pastor, um chamado ou quando uma classe de EBD reconhece no seu professor, um chamado e assim por diante.
Até para ser um diácono, no sentido pleno da palavra, precisa ter sinas do chamado.

III – ELIAS E O DISCIPULADO DE ELISEU.
3.1 Por a prova para examinar as qualidades do chamado é algo necessário, o que não se deve é testar os limites do candidato, humilhando-o e constrangendo-o. Por experiências ingratas e desnecessárias, muitos já passaram e quem os fez passar, contavam isso com uma visível ponta de orgulho.

3.2 A nobreza de um pedido.
Muitos confundem o pedido de Eliseu sobre “porção dobrada do espírito de Elias” e oram pedindo “porção dobrada do Espírito de Deus”; os filhos de Zebedeu queriam um cantinho perto do Senhor no seu Reino. Muitos pedem coisas sem a mínima noção do significado.

IV – O LEGADO DE ELIAS.
4.1 Espiritual.
É possível um obreiro transmitir para o seu sucessor, o seu legado espiritual? Certamente não, mas, pode perfeitamente influenciar para o bem. Que deixemos um excelente legado à aqueles que nos acompanham.

4.2 Moral.
Há conquistas pessoais e há conquistas que parecem esta no DNA do indivíduo. A Bíblia diz que os passos de um homem bom, são confirmados pelo Senhor, Salmos 37:23. Que Deus leva em conta o caráter do homem que pretende servi-lo, disso não temos dúvidas. Perceba-se a maneira como Deus deu testemunho de Jó, ao Diabo.



Um comentário:

  1. Gloria a Deus, por esse comentário.
    Que possamos ser leitores praticantes e não esquecidos.
    Que o Senhor continui te abençoando meu irmão.

    ResponderExcluir