Tradução deste blog

terça-feira, 21 de agosto de 2012

EBD/CPAD A ANGÚSTIA DAS DÍVIDAS para 26082012

LIÇÃO 07 – A ANGUSTIA DAS DÍVIDAS.
EBD 26/08/2012.
PONTOS A ESTUDAR:
I – QUEM É O DONO DO NOSSO DINHEIRO.
II – O CONSUMISMO E AS DÍVIDAS.
III – É POSSÍVEL LIVRAR-SE DAS DÍVIDAS.



Em tempo: A única coisa que posso recomendar aos professores, de antemão, é que sejam cuidadosos no trato deste assunto, para não constranger qualquer aluno da EBD pelo fato de haver irmãos que se endividaram por contingências, não se tratando de pessoas de vida desregrada.
Quero também, posicionar-me como pastor que soube de obreiros que ensinam às suas igrejas que não devemos ter dívidas, pois, se Jesus, vier nesse momento, o endividado fica. Isso não passa de falácia desprovida de base bíblica. Se Jesus vier, ficam as dívidas e os despojos. Queremos tão somente alertar, para atitudes desonestas.
O maior problema do regime capitalista é a oferta de empréstimos, seja por instituições financeiras, agiotas ou ainda, as linhas de crédito por cartões com limites. Endividar-se é para muitos, um vício quase sem cura.


I – QUEM É O DONO DO NOSSO DINHEIRO.
1.1        Dê a Deus o que lhe pertence.
Em primeiro lugar, não apenas o dinheiro, mas, tudo o que temos é emprestado, recebemos do Senhor para fazer o melhor uso. Não gosto de associar o dízimo com bênçãos, sob qualquer pretexto, mas, para ser abençoado, é preciso amar a obra do Senhor e com ela contribuir, sem esperar nada em troca. Só o fato de um crente conseguir entregar o seu dízimo, já pode ser considerado abençoado, pois é o pêndulo que indica o controle e a sobriedade nos gastos.

1.2        Disciplina e orçamento financeiro.
Controlar os gastos é saber exatamente para onde vai o dinheiro, isso permite planejar melhor o investimento. Estes conselhos são sempre oportunos, mas, não podemos esquecer que vivemos dias de muita intranquilidade econômica e o melhor, é planejar o gasto de cada centavo, mas, não precisa ser obsessivo quanto a isto para não enlouquecer.
A sociedade moderna é muito competitiva e todos querem sair na frente na compra do melhor e do mais bonito. Não nos iludamos quanto a isto.

1.3        Cuidado com a cobiça.
É preciso separar bem a cobiça da ambição. Quando jovem, sempre fui ensinado pela igreja que a ambição era pecado e por conta disso, sempre me mantive encolhido diante das conquistas comuns a todos os viventes. Como pastor, sempre estimulei a juventude da igreja a ter ambição, moderada, objetiva e focada no interesse de crescimento profissional, intelectual e por que não, espiritual no tocante a ministério? O que a Bíblia ensina é não ambicionar coisas altas, Rm 12:16.
COBIÇA – Desejo imoderado de possuir. Desejo muito forte e incontrolável, uma patologia ou doença, uma doença da alma.
O cristão deve entregar-se ao controle de Deus e da sua Palavra, para ter domínio de todos os sentimentos que possam desestrutura-lo emocionalmente, principalmente em questões financeiras.



II – O CONSUMISMO E AS DÍVIDAS.
2.1 Os males do consumo inconsciente.
Observe no final do texto, na lição, aparece a palavra “compulsória”, penso que a palavra “compulsiva” dá melhor sentido a frase. A finalização ficaria assim: “Algumas vezes, contraímos dívidas porque agimos de forma compulsiva e insensata”.
A compulsividade é o mal do século e certamente, a mídia é a responsável. Compra-se tudo o que atrai a atenção e enche os olhos, para depois verificar, que não foi necessário. Há canais de televisão que oferece de tudo em matéria de utilidades domésticas. Certa feita, visitei uma pessoa da família que me disse: “Tudo o que o Shoptime oferece de produtos elétricos e de exercícios físicos, eu os tenho e muitos, nem uso”. Assim é que as coisas funcionam para muitos, infelizmente.

2.2 Adquirir o que se pode pagar.
Há muitos que considera renda, o salário registrado na CTPS. A isso, nós chamamos de salário nominal ou contratual. A renda líquida é o resultado do salário nominal, deduzidos os encargos trabalhistas e o IRRF (Imposto de renda retido na fonte) se houver. O resultado ou salário líquido é o número com o qual podemos contar. Se a empresa costuma depositar o adiantamento salarial, o cuidado deve ser redobrado, pois muitas vezes o adiantamento, já vive comprometido, deixando a renda líquida, mais líquida ainda.

2.3 Haja com integridade, fuja da corrupção.
Por falar em corrupção, quero alertar que oportunismo também é corrupção: Comprar CD e DVDs piratas só porque é mais barato, deixar de registrar seus funcionários, comprar produtos que não tenham comprovação de origem certa entre outras coisas, são pecados que não causam danos imediatos a alma, mas, causam grandes prejuízos, impedindo o cristão de receber as bênçãos de Deus inclusive o batismo com o Espírito Santo e a manifestação dos dons espirituais. Pense nisso com seriedade.



III – É POSSÍVEL LIVRAR-SE DAS DÍVIDAS.
3.1 a 3.3 Cartões de crédito e cheque especial, vivendo de modo simples e confiando em Deus.
Uma forma de livrar-se das dívidas é não contraindo dívidas e a outra forma é partindo para uma negociação segura e saudável.
Há muitos crentes que são cuidadosos e honestos em seus negócios, mas, acaba se endividando por conta de outros menos cautelosos.
Deus abençoe o seu povo, que possamos ser exemplos em tudo.

Um comentário:

  1. pastor gostei muito do seu comentário . nós precisamos de aletra nossos professor, porque a muitos que não estão preparado para dar uma aula .
    á muitos pastores sem estrutura. ensinando o que não convém .

    ResponderExcluir