Tradução deste blog

quarta-feira, 24 de maio de 2017

HULDA, A MULHER QUE ESTAVA NO LUGAR CERTO, EBD Lç.9 28/05/2017

EBD LÇ. 9 28/05/2017 “HULDA, A MULHER QUE ESTAVA NO LUGAR CERTO”.
O que escrevo com base nos textos da lição, representa o meu pensamento e o que posso extrair para o ensino na Escola Bíblica Dominical, lembrando que os alunos não são estudantes de Teologia, mas precisam usufruir de um bom e seguro ensinamento.  Eles funcionam como polinizadores;  sim, eles dão fruto para o Reino de Deus.

PONTOS:
I – QUEM FOI HULDA.
II – HULDA VÊ O TEMPO DO AVIVAMENTO.
III – HULDA É USADA POR DEUS.

 Hulda, Micaias, Jeremias eram profetas que não vendiam suas revelações.




I – QUEM FOI HULDA.

1.1      Hulda.

 Como em estudos anteriores, as informações sobre alguns personagens são escassas, todavia a pouca informação que temos nos obriga a uma leitura a partir dos feitos e assim acontece em relação a Hulda.

Vejam que pelo fato de ter sido procurada, tinha um nome conhecido e não temia quando precisava falar ou profetizar. Fez-me lembrar do Micais filho de Inlá, IRs 22:9.


1.2 Atividade que exerceu.

Devia ter suas atividades locais, possivelmente colaborando no trato das roupas reais,  sacerdotais e algo semelhante.

Temos muitos assuntos bíblicos que não tem tanta relevância no estudo e conhecimento a não ser como informação e é exatamente nessas questões que muitos armam uma verdadeira contenda.


1.3 Deus ouviu Hulda.

As pessoas fazem muito esforço para não querer entender o papel da mulher e o do homem na sociedade, todavia quando se trata de ouvir, falar e usar, Deus lança mão daqueles que tem caráter e amam a justiça, independente se é homem ou mulher. Só neste trimestre, estudamos sobre cinco importantes mulheres e lógico que tem mais.


II – HULDA VÊ O TEMPO DO AVIVAMENTO.

2.1 Josias promove verdadeiro avivamento.

Muito bem! Falamos de Josias com base nos textos bíblicos, sabendo como foi o seu reinado. Lógico que com oito anos, não tinha discernimento para governar um país; alguém muito sensato o assessorava. Fez um grande reinado, porque fez o que era reto aos olhos do Senhor.

Neste sentido, reporto-me a crianças que pregam e se descuidar, algumas, poderiam substituir muitos pastores que tem atitudes infantis.

O que incomoda neste momento em relação a crianças que pregam e pregam muito bem, são os abusados pais que as usam para fazer o pé de meia à custa da igreja. Já levam para o caminho do vício mercantilista.

Não posso deixar de considerar que há pastores que se fazem de morto. Querem abrilhantar o culto, mas não querem enfiar a mão no bolso para ajudar de forma conveniente os convidados.

2.2 Aboliu a idolatria.

Muito bom o texto do autor neste ponto em que fala vigorosamente sobre o “apoio de homens sérios” ministros ou secretários do pequeno rei. Deus era com ele, o staff (assessores) eram homens de Deus, tudo corria bem.

Nos dias atuais homens nada sérios se aproximam de ministros com o objetivo de ajudar e já sabemos o que de fato querem. Não é sem razão que temos espalhados, centenas de pastores sem a menor noção da verdadeira chamada.

O professor deve ser cuidadoso nisto, pois tem alunos que gostam de esticar a conversa.



2.3 Resgatou a Lei do Senhor.

Este ponto que trata da restauração da casa do Senhor por Josias e com vinte e seis anos, nos remete a muitas especulações sobre os dias atuais.

Sem pretender polemizar, mas a bagunça tomou conta. A liturgia sincera, que promove lágrimas, deu lugar a teatros, danças, movimentos e sem falar nas invencionices de mantos, mistérios e falsas profecias a que chamam de “igreja avivada”.

Peço a Deus que levante muitos Josias.

Há pastores que privam de ensinar corretamente a doutrina da Palavra do Senhor, no sentido geral, por achar que perdemos terreno pra os neopentecostais. Bobagem e se o pastor é sincero, homem de Deus, vale o que a Palavra do Senhor diz: “saíram de nós porque não eram de nós”.

“Saíram de nós, mas não eram de nós; porque, se fossem de nós, ficariam conosco; mas isto é para que se manifestasse que não são todos de nós”. 1 João 2:19


Há pastores grosseiros que empurram pessoas para fora da igreja e depois citam o texto acima. Aí não vale!
                        

III – HULDA É USADA POR DEUS.

3.1 A dura mensagem de Deus.

IIRs. 4:38 Estavam com Eliseu, os filhos dos profetas.
Havia muitos profetas em Israel e pelo texto de II Rs 4:38 formavam uma escola de profetas; diante de Eliseu, aprendiam a comunicar os recados de Deus.

O que isto nos leva a pensar? Nas escolas de teologia cujo papel deve ser a de transmitir, ampliar os conhecimentos bíblicos, porém muitos saem com o diploma achando que são pastores.

Estar aos pés de Eliseu não carimbava o passaporte para o exercício do verdadeiro profeta e depois, muitos  procuravam espaço na prta do rei, sendo por ele mantidos. Logicamente não falavam  o que  era mandado por Deus.

Não eram poucos.
“Então o rei de Israel reuniu os profetas até quase quatrocentos homens, e disse-lhes: Irei à peleja contra Ramote de Gileade, ou deixarei de ir? E eles disseram: Sobe, porque o Senhor a entregará na mão do rei”. IRs 22:6.

Hulda como Micaias ou Jeremias tinham o selo da chamada para o ministério. Isaias deixou o conforto do palácio e se tornou um dos maiores profetas de Israel.


3.2 Hulda profetiza para o rei Josias.

Jeremias teve uma dura luta contra o falso profeta Ananias que era ousado e desrespeitoso. Jr. 28.

Jr.23 9-11 Sobre os falsos profetas e em Fl. 3:2, os falsos obreiros, chamados pelo apóstolo, de cães.

Hulda  não vivia dos favores do rei mas na dependência de Deus e assim, foi como instrumento para levar a mensagem ao rei Josias.


3.3 O efeito da profecia sobre Judá e Jerusalém.

Neste ponto o autor pontua os resultados da obediência do rei.

-Convocou os anciãos de Judá e Jerusalém.
-Reuniu os príncipes e o povo na casa do Senhor.
-Fez um concerto  com Deus e levou o povo a esse limite.
-Aboliu a IDOLATRIA.

A idolatria não  é restrito a adoração de imagens de escultura, mas a tudo e todos que roubem a atenção devidas somente a Deus e ao seu filho Jesus Cristo, o verdadeiro Deus e a vida eterna.  IJo.5:20


Nenhum comentário:

Postar um comentário