Tradução deste blog

sábado, 30 de agosto de 2014

EBD LÇ.9 A VERDADEIRA SABEDORIA SE MANIFESTA NA PRÁTICA.

EBD – SUBSÍDIO - LIÇÃO PARA O DIA 31/08/2014
PONTOS A ESTUDAR:
I – A CONDUTA PESSOAL DEMONSTRA SE A NOSSA SABEDORIA É DIVINA OU DEMONÍACA.
II – ONDE PREVALECEM A INVEJA E SENTIMENTO FACCIOSO PREVALECE TAMBÉM O MAL.
III – AS QUALIDADES DA VERDADEIRA SABEDORIA.



PROPOSTAS DA INTRODUÇÃO: Sabemos que o Evangelho transforma vidas e conduz ao aperfeiçoamento e que esse aperfeiçoamento se torna visível pela forma de ação dentro e fora da igreja. A sabedoria que é uma das riquezas contempladas na vida cristã e talvez a principal ferramenta de condução à vida aperfeiçoada não é vista na vida de muitos cristãos pela maneira como agem diante dos desafios e no trato interpessoal.


I – A CONDUTA PESSOAL DEMONSTRA SE A NOSSA SABEDORIA É DIVINA OU DEMONÍACA.

1.1 A sabedoria não se mostra com discurso.

Há coisas na vida que a linguagem corporal e as palavras falam por si:

Bom trato com os outros – Como agimos diante da falta de troco do cobrador e de outras situações que tanto irritam de forma natural?

Obras de mansidão – Nunca vimos tanto destempero entre cristãos e cristãos no relacionamento externo como temos visto nos nossos dias. As redes sociais que o digam.

Mostrar habilidade no trato com coisas e pessoas substitui o vazio discurso.

1.2  Inveja e Facção.

É possível alguém conquistar a posição de mestre e pratica-la por inveja e por sentimento faccioso?

Paulo diz que alguns pregam por inveja e porfia. Pode parecer absurdo, mas, há muitos enrustidos nos púlpitos da igreja do Senhor, com aquela aparência de piedade. (Fil.1:13).

Nada substitui a simplicidade de um homem de Deus que conhece bem a sua chamada e não se envolve em guerras intermináveis por espaços.

1.3 Sabedoria do alto e sabedoria diabólica.

Há uma diversidade de sentido dado à sabedoria.
Podendo ser um dom natural que permite o homem discernir os pensamentos e as atitudes humanas bem como a escolha de melhores caminhos para solução de problemas.

Por que a sabedoria humana é animal e diabólica?
Muitos crimes têm sido cometidos com critérios de ocultação tirados não apenas da inteligência, mas, da sabedoria humana em confundir e afastar o interesse das descobertas.

Inteligência é a capacidade de organizar as ideias e a sabedoria é a capacidade de fazer melhor uso delas.

Como se distingue  a sabedoria de Deus da humana?
Seria bom tomar alguns exemplos bíblicos para entender melhor esta questão.

Ex.31 O que Deus fez com Bezalel e Aoliabe. No verso 6 diz o Senhor: “...tenho dado sabedoria ao coração de todo aquele que é sábio...”.

É possível perceber que a sabedoria de Deus sobre a sabedoria humana além de completar a sua capacidade leva-o sempre para o caminho do bem e assim deve ser com todo crente em Jesus, os que vivem na verdade, recebem a sabedoria de Deus que os capacita não somente a praticar o bem, mas, compreender o espírito que opera no mundo e fugir dele.

Temos ainda o grande exemplo de Salomão que não pediu sabedoria para ficar rico e comprar aviões (contemporizando o fato), mas, para entrar e sair no meio do povo de Deus.  IRs. 3:7-12 e 4:29.


II – ONDE PREVALECEM A INVEJA E SENTIMENTO FACCIOSO PREVALECE TAMBÉM O MAL.

2.1 A maldade do coração humano.

No tópico 2.1 desta lição o título “Sabedoria não se mostra com discurso” cabe bem aqui, com alguma mudança: O discurso tende a mostrar a face e esconder o coração.

Despertar desejos latentes – Desejo que está oculto no coração do homem para se manifestar no momento oportuno em que algo o provoque ou desperte.

2.2 A inveja e a facção instauram desordem.

Não há como evitar que esses sentimentos, tão ruins, sejam vistos em nossas igrejas? Não. A parábola do joio e do trigo retrata bem essa realidade.

Mesmo sabendo que sentimentos facciosos e de inveja estão por toda parte, fica mal quando isso é encontrado nos homens responsáveis pela condução da igreja.

2.3 Obras perversas.

Obras perversas estão por toda parte, todavia, elas não podem permanecer onde o Senhor está presente com sua preciosa Palavra. A Palavra de Deus é o único instrumento eficaz de combate ao mal.


III – AS QUALIDADES DA VERDADEIRA SABEDORIA.

3.1 Características da verdadeira sabedoria.

Classificação das diferenças entre a  verdadeira sabedoria, a que vem do alto e a diabólica.

Na sabedoria diabólica não há pureza de qualquer espécie.

Identifica-se facilmente o portador da sabedoria divina;  no falar, no agir e até no pensar, apesar de não conhecermos os pensamentos humanos, que são sempre pensamentos de paz.

É ótimo lidar com pessoas que andam na sabedoria que vem do alto.


3.2  Mais sete características.

Temos neste ponto, características da sabedoria que vem de Deus:  Paciência, moderação, conciliação, misericórdia, bons frutos, imparcialidade e verdade, veja se conseguimos nos imaginar lidando com pessoas dessa natureza.

Em contra partida, o que é diabólico são também visíveis como:  autoritários, inflexíveis, coléricos, sem misericórdia e parciais. Lamentavelmente, já convivi com esses tipos de pessoas que tiram o sossego de qualquer cristão e estão por toda parte, como erva daninha.

Joio e trigo crescem juntos até a vinda do Senhor da seara que saberá separar ambos para jogar o joio no fogo e reunir o trigo no seu celeiro.


3.3 O fruto da justiça.

O autor cita Mt. 5:6. Nas palavras das bem aventuranças encontramos os que têm fome e sede de justiça. Esses famintos, sofrem, oram e clamam a Deus por justiça todos os dias, não se conformando com a injustiça onde quer que ela se estabeleça, mais ainda, se for ao seio da igreja.

De quantas injustiças fomos alvos, todavia, o Senhor nos sustentou e sustentará todo aquele que se sentir prejudicado de alguma forma. Não podemos nos esquecer de que a igreja é do Senhor e nós somos do Senhor.

Paz a todo povo de Deus. Que haja amor e respeito, pois, com os nossos frutos pregaremos o Evangelho com  mais eficácia.


Nenhum comentário:

Postar um comentário