Tradução deste blog

sexta-feira, 13 de janeiro de 2012

EBD/CPAD L.3 OS FRUTOS DA OBEDIÊNCIA NA VIDA DE ISRAEL

PONTOS A ESTUDAR:
1 – OBEDIÊNCIA, UM FIRME FUNDAMENTO.
2 – DESOBEDIÊNCIA, A CAUSA DA MALDIÇÃO.
3 – A OBEDIÊNCIA E SUAS LIÇÕES.

RECOMENDAÇÃO: Sempre que se fala em obediência ou desobediência na Bíblia, logo vem a tona a discussão sobre costumes e vaidade feminina. Convém o professor ficar atento e não permitir que a aula descambe para discussões intermináveis sobre este assunto, já que, a desobediência tem reflexos muito mais abrangentes.

I OBEDIÊNCIA, UM FIRME FUNDAMENTO.

1.1        Deus fala e quer ser ouvido. (ISm 3:10)
Existe duas maneiras de ouvir DEUS falar: Apenas com o ouvido e com o ouvido mais o coração. Não ouvir por ouvir e não ler a Bíblia por ler a Bíblia, como um maratonista, como alguns dizem: Já li 20 vezes. Para Israel, promessa de prosperidade social e para nós, promessa de vida eterna.

1.2        A obediência e suas reais motivações.
Existe uma lei moral chamada: “Lei da Reciprocidade”. Os bancos a utilizam exaustivamente; Dá um produto e exige em troca, saldo médio, seguros, investimentos e etc. Com Deus, essa lei, não pega. A obediência é antes de tudo, fator de preservação da vida espiritual. Abençoar é vontade de Deus, mediante a obediência a sua palavra. É antes de tudo uma troca justa: Você cuida das coisas de Deus e Deus cuida das suas.

II – DESOBEDIÊNCIA, A CAUSA DA MALDIÇÃO.

1.1        A quebra da aliança.
Bom lembrar aos alunos que as maldições por conta da desobediência, tiravam-lhes a oportunidade de viver em paz, prósperos e seguros. Na atual dispensação, as maldições foram sepultadas na morte de Cristo, não significando que eventual desobediência, não tenha alguma retribuição em nossos dias. Deus corrige o que ama Hb.12:6.

1.2        A maldição da idolatria.
O texto dispensa esclarecimentos adicionais, lembrando apenas que idolatria é idolatria em todos os tempos e hoje, há outros tipos de idolatria praticada não sendo necessariamente um altar com divindades. Qualquer coisa que substitua o pleno amor devido a Cristo se traduz, como uma forma de idolatria.

III – A OBEDIÊNCIA E SUAS LIÇÕES.

3.1 A bênção como instrumento de proteção.
Tanto para Israel como para nós hoje, as promessas de Deus, não impedem que sejamos provados. Para eles, algumas provas eram verdadeiros castigos pelo peso da rebeldia contra o Senhor. Para nós, podemos separar as provas em dois grupos:
a)   Se, desobedecemos, naturalmente viramos as costas para Deus e nos tornamos responsáveis pelas consequências.
b)   Se, obedecemos rigorosamente, não há punição e as provas que nos sobrevêm, estão previstas na Palavra de Deus. IPd.4:12.

3.2 Período tribal e monárquico.
O texto oferecido pelo autor é, por demais, interessante. Além de mostrar a principal causa dos pecados do povo de Israel, remete para os dias atuais em que, muitos males sociais tem origem na desatenção do governo, com os pobres, miséria e fome dentre outras e isso gera caos e muitos danos a nação como foi para eles e também para as cidades de Sodoma e Gomorra.

3.3 As falsas ideias sobre maldição.
“Maldição hereditária” surgiu no cenário cristão, de forma muito enfática, pelas igrejas neopentecostais, principalmente Universal, perturbando muitos crentes. O chamado sincretismo religioso mistura conceitos espiritualistas, principalmente, das religiões de origem afra, que tem como conteúdo, consultar os mortos, adorar divindades, conviver no campo das guerras espirituais e principalmente vidas passadas. Essas orientações calam na alma do povo, trazendo inquietações. A palavra de Deus atua na alma, para libertar o crente dessas crendices e dar-lhe paz, a paz que só JESUS pode dar.

MINHA EXPERIÊNCIA PESSOAL.
Há muitos anos, um presbítero que me auxiliava, vendo um jovem, visivelmente perturbado, atribuiu aquilo a maldição hereditária. A semana seguinte foi de muita luta espiritual, pois o Diabo queria induzir em minha mente que algumas lutas vividas tinham origem na vida do meu pai. Consegui me libertar depois de muita luta comigo mesmo e confrontação dessas ideias com a palavra de Deus. Venceu a palavra de Deus e tive descanso até o dia de hoje.


Um comentário:

  1. A Paz do Senhor, Pastor.
    Gostei da postagem, me é útil.
    Gostaria de lhe dar uma sugestão, e até pedindo no caso, se puder, postar um estudo que confronte as idéias de maldição hereditária.
    Obrigado e que Nosso Deus e Senhor continue abençoando o senhor e sua família

    ResponderExcluir