Tradução deste blog

quinta-feira, 2 de junho de 2011

O FILHO QUER SER PROFESSOR? DESENCORAJE-O!!!

O que é ser professor.
Ser professor é muito mais que ser um educador, é a pessoa que vai direcionar os nossos filhos dentro da sua área de especialização, é aquele que vai ficar mais tempo com nossas crianças e prepara-los para um mercado cada vez mais competitivo.
NÃO!
NÃO PARECE SER ISTO!
Ser professor, parece ser um alvo fácil de chacotas, de deboches e violência, dentro e fora da sala de aula.O agente passivo das péssimas brincadeiras de meninos e meninas mal educados em casa, que não tiveram como base de ensinamento, respeitar o mestre, para que outros se sintam estimulados à carreira.
Quando criança, sempre fazíamos nossas molecagens, porém evitávamos que o professor percebesse porque tínhamos respeito por eles e agora?
Que saudades da minha professora Lourdes Costa Pires que me presenteou com o livro "Emília no País das Gramáticas", obra de Monteiro Lobato, do Professor Paulo Sergio e ops! Seu Domingos, que tinha o hábito de passar a mão na minha cabeça e dizer:  "Este menino será um grande homem", (rs... quase acertou) e outros que passaram pela minha vida, foram verdadeiros amigos.
Espero que o governo e os pais, mudem a atual conjuntura,  caso contrário, exorcize(1) qualquer idéia de ser professor.
Nossa sociedade fala muito em direitos e os deveres? neste cenário, o futuro será cada vez mais incerto e a segurança pública terá que investir cada vez mais na busca de conter a crescente onda de violência urbana. Pensando nisto, ao invés do Ministério da Educação investir em "educação sexual" porque não utiliza cartilhas e mídias para valorizar o professor e colocar essa juventude no lugar certo, desta forma, eles e nós, teremos paz?
A última notícia que tive nos jornais sobre o assunto, foi o caso de uma professora que pediu garantia de vida as autoridades por conta de uma ameaça. Tenho visto também que quando o professor reage diante da pressão, logo os pais e os defensores das ilegalidades, saem em defesa do aluno e o professor é ameaçado ou exonerado sem qualquer possibilidade de defesa.

1) No título, abuso do eufemismo.
Troquei o verbo exorcizar por desencorajar por conta do seu emprego. Já no texto, exorcizar idéia, tem conotação diferente, significa, arejar ou  fazer mudar de idéia pelo poder da argumentação.

Nenhum comentário:

Postar um comentário