Tradução deste blog

quarta-feira, 8 de junho de 2011

MOVIMENTO GLBT - NÃO ENCONTREI O VIDEO

Segunda feira dia 06 de junho a noite,  no portal da UOL encontrei um vídeo onde o líder do movimento GLBT falava sobre a parada gay, a falta de recursos e de quebra, comentou sobre o kit do Ministério da Educação e concluiu suas palavras dizendo que caso o Ministério da Educação não patrocinasse as cartilhas, o movimento as entregaria nas escolas, nas ruas e etc. Pela manhã quando fui vê-lo novamente, já não o encontrei. As palavras do líder ao falar sobre sua cruzada para distribuição do tal material "educativo" foi tão incisiva que me fez lembrar das cruzadas da idade média e das guerras de conquista, fiquei impressionado e pensando: Se eu tivesse um filho pequeno em idade escolar, e caminhando fosse atropelado por uma pessoa, forçando a mim ou ao meu pequeno filho a entender o que eu com 64 anos não consigo entender e nunca vou entender qualquer coisa que contrarie a Palavra de Deus, qual seria minha postura n'uma hora dessas? Ao ver esse vídeo, percebi que não estão para brincadeira. No programa do Jô, outro líder disse que estava muito satisfeito com sua opção, opção para que? e que recomendava aos héteros que pusessem filhos no mundo para que se tornassem gays? isto que entendi. Por essas e outras, percebe-se que o movimento não quer apenas o respeito como pessoas, querem mais, querem dominar o mundo social, querem liberdade para fazer o que bem quiserem, sem ter quem os moleste. Já cansamos de dizer, que não nos incomodamos com as pessoas e suas opções, o que nos incomoda é essa cruzada desenfreada, inclusive a pressão feita aos parlamentares para aprovação do PL 122. Podem sair do armário, mas, fiquem dentro dos seus quartos, pois, Deus julgará o homem pelos seus atos e não adianta rasgar a Bíblia, já tentaram isso, quando o evangelho chegou no Brasil e em outros momentos históricos. JESUS, continua salvando, curando e ainda dá os dons do Espírito Santo.

Um comentário:

  1. Já encontrei o video.
    Nos diversos, divulgados, encontrei o vídeo com a declaração do líder do movimento em São Paulo, conforme comentado no texto.
    Genivaldo

    ResponderExcluir