Tradução deste blog

segunda-feira, 28 de fevereiro de 2011

A DOUTRINA DOS RECABITAS e os crentes melosos

Jr. 35:2 "Vai a casa dos Recabitas(*)  e fala com eles e leva-os à Casa do SENHOR, a uma das câmaras e dá-lhes vinho a beber".
Jr. 35:6 "Mas eles disseram: Não beberemos vinho porque  Jonadabe filho de Recabe, nosso pai, nos mandou dizendo:  Nunca bebereis vinho, nem vós nem vossos filhos...".
O próprio Deus instruiu a Jeremias que fizesse isto para depois dar uma lição ao seu povo, dizendo que os recabitas obedeciam sem questionar as palavras do seu pai e eu, continua dizendo o SENHOR, mandei profetas e madruguei falando-lhes e não fui ouvido.
O que está acontecendo hoje no mundo evangélico, é uma piada de mau gosto. A Bíblia impõe limites em todas as áreas da nossa vida. Recentemente um amigo meu, foi almoçar com um "pastor" que está em plena atividade, desses, que tem as benesses do ministério, comem, bebem, passeiam, tudo com o santo dinheiro dos dízimos dos irmãos fiéis. No almoço, o "santo" descaradamente, pediu uma cerveja e disse ao meu amigo: Nosso povo está errado, há muita hipocrisia, isto não faz mal. Confesso que comprei muitas garrafas de vinho em atendimento ao apelo científico que faz bem para o coração e da mesma forma joguei muitas garrafas de vinho na pia da minha casa, a minha consciência não me permitiu beber, nem mesmo aquele "calicezinho" na hora da refeição. Fanatismo? Tem gente forçando a barra para jogar nossa identidade no lixo, para transtornar a graça de Deus, para nos fazer iguais aos outros que não conhecem a Deus nem a sua palavra e LAMENTAVELMENTE, com a aquiescência de muitos "pastores modernos" sabichões, psicólogos, filósofos, com muitos diplomas na parede e sem o Espírito de Deus no coração, pois o Apóstolo Paulo, escreve ao seu amigo Timóteo dizendo: "Tu porém, tens seguido a minha doutrina, modo de viver, intenção, fé, longanimidade, caridade, paciência..." 2Tm 3:10.   A doutrina de Paulo, incluía o modo de viver bem como as suas intenções. Não ignoramos que neste imenso país, tem "pastores" ensinando e exigindo coisas que a Bíblia não exige porém, refiro-me a um viver equilibrado, honesto, parto sempre do principio que tudo quanto for excesso e que não acrescenta nada na minha vida espiritual, devo deixar de lado. O Apóstolo ainda declara a igreja de Coríntio que todas as coisas para ele eram lícitas, porém, não se deixaria levar por nenhuma delas, (ICo 6:12). Tem pastor que se sente o supra sumo da sabedoria, quando pregam, dá-nos a impressão que a residência é naquele bairro próximo porém o domicilio é no céu ao lado de DEUS e que postam-se na frente do povo para dizer-lhes tudo quanto receberam do Senhor e na verdade, estão empurrando muitos crentes para o período pós arrebatamento da igreja. Deixam as coisas extremamente soltas, sem qualquer refreamento. Precisamos aprender a lição dos Recabitas, foi uma lição dada pelo próprio DEUS.


(*) Os Recabitas descendiam dos queneus. Moisés era casado com uma quenita, filha de Jetro. Este povo sempre andou na sombra dos Hebreus e ao toma-los como exemplo, temos a demonstração clara da simpatia de Deus por eles. Referências sobre: Juizes 1:16, 4:17, ISm 15:6, 30:29 e Jr. 35.

2 comentários:

  1. A VIRTUDE DA TEMPERANÇA


    Significado de Temperança
    s.f. Virtude que modera os desejos, as paixões.
    Sobriedade no consumo de alimentos e bebidas.


    QUANDO LEMOS SOBRE O EXEMPLO DOS RECABITAS APRENDEMOS UMA GRANDE E VALIOSA VIRTUDE A " TEMPERANÇA ".
    TEMOS QUE PRIMAR PELO AUTOCONTROLE, SOBRIEDADE PORQUE MUITOS SÃO DESTRUIDOS POR VÍCIOS E HÁBITOS NOCIVOS.
    COMO SERVOS DO SENHOR NÃO DEVEMOS NOS CONTAMINAR PELO AMBIENTE SOCIAL, O MOMENTO REQUER VIGILÂNCIA, PRUDÊNCIA, BONS COSTUMES E MORAL ELEVADA.
    SOMOS A LUZ DO MUNDO E O SAL DA TERRA ( Mt 5.13-16 ).


    PASTOR DEUS TE ABENÇOE ! ! !

    PALAVRAS DE LUZ E SABEDORIA

    lINKS :

    http://sandrocristao.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Izaldil Tavares de Castro8 de março de 2011 13:43

    Caro irmão, Pr. Genivaldo,
    De fato, temos vivido tempos em que a observância dos preceitos divinos são postos de lado por muitos que se dizem "crentes". Claro que estamos sujeitos às falhas, mas um coração convertido ao Senhor decide obedecer-lhe definitivamente, pede perdão dos pecados e tem a vida purificada. Bom seria se todos tivessem compreensão dessa verdade bíblica e retornassem ao aprisco.
    Abraço fraternal do
    Ev. Izaldil Tavares de Castro.

    ResponderExcluir