Tradução deste blog

sábado, 26 de fevereiro de 2011

DESARMAMENTO CIVIL - Apenas isto?

Acabo de ler no portal "CONSUMIDOR RS" que cita as diversas fontes de notícias, acerca do pronunciamento do  Ministro José Edurdo Cardozo de retomar a campanha de desarmamento civil.
Quando li essa notícia, lembrei-me que o Brasil está desarmando os civis sob todos os aspectos.
SALÁRIO MÍNIMO.
É o menor? valor que um empregador pode pagar aos seus empregados. Com esse salário mínimo que mereceu tantos acordos políticos, verdadeira jogada de mestre para passar pela Câmara e pelo Senado, agora sancionado em R$ 545,00 pelo Executivo, compõe a cesta básica da família brasileira, compreendendo, roupa, alimentação, educação, saúde, transporte, aluguer,  consumo de água e energia elétrica entre outras necessidades básicas. Para ter acesso a um pouco mais de conforto, o cidadão precisa ganhar mais, o que significa abandonar os filhos a própria sorte, que atualmente dá cadeia,  sendo este salário mínimo, um verdadeiro atestado de miséria.
SALÁRIO DE POLÍTICOS.
Vi e ouvi estarrecido, apenas como exemplo, quando a Câmara de Vereadores de uma cidade deste estado de São Paulo, em menos de três minutos, aprovou o aumento de quase 100%  a remuneração dos edis, que se deu exatamente assim:  Com as palavras do Presidente da Câmara (Sorocaba?), "Propomos o aumento de x%,  os contrários se levantem"; ninguém se levantou e assim, devem ter ido comemorar o grande feito.
Somos desarmados do direito a uma vida digna.
CONSTITUIÇÃO BRASILEIRA E HOMOFOBIA.
A nossa Carta Magna, é extasiante, como coloca as coisas no seu devido lugar, cada um no seu quadrado, sem contudo tolher dos cidadãos, o direito de ir e vir, o direito a liberdade de expressão e de pensamento, porém, o governo tem dado ouvidos a grupos interessados e trabalha para desarmar a fala e o pensamento do cidadão brasileiro, apenas um pequeno grupo fala o que quer, mostra o que quer e ninguém pode critica-los. Falamos isto com tranquilidade, tirando a espinha do peixe, no tocante a violência contra a pessoa qualquer que seja ela.
DESARMAMENTO MORAL.
As famílias têm que engolir coisas como o BBB11, uma verdadeira "pornochanchada" e circo de horrores, com palavrões mesmo com aquele chilreado crítico, gestos e posturas a beira da obscenidade e nós, cidadãos desarmados, nada podemos falar e quem nos representa também não porque uma minoria social vai se levantar e dizer que isto fere a democracia e assim vamos acompanhando e vendo a nossa sociedade se degradar a cada dia.
Somos desarmados sob todos os aspectos, não podemos passear com nossas famílias e brincarmos nas praças com tranquilidade, porque os que praticam crimes, acreditam na impunidade e falamos da violência urbana de modo pleno.
Todos os dias, ouvimos notícias de crimes contra o erário e nunca se fala em "merréis", são verdadeiras fortunas levadas da previdência e outras instâncias que se fossem frenadas, o estado não falaria em dificuldades econômicas nem mesmo para reajustar o salário mínimo, quanto mais, investir na saúde e educação.
Assim, desarmados como estamos, não podemos sequer opinar sobre o que significa bem comum e saibam que odiamos todo tipo de extremismos, isto porque, de verdade, a Bíblia nos ensina o verdadeiro exercício da cidadania, simplesmente porque estamos ensaiando para morar numa cidade perfeita cujo artífice e construtor é Deus para a qual, você está devidamente convidado.



2 comentários:

  1. Pastor, estão nos desarmando e depois apontando armas para nós. Armas como o PL 122, o Kit anti-homofobia nas escolas e tudo mais!

    Que Deus nos ajude!

    Abraço.

    ResponderExcluir
  2. Caro Amigo e irmão Fábio Luiz.
    Não sou adepto de qualquer movimento revolucionário, quando se parte para levantamento de bandeiras e gritinhos histéricos, porém, sentimos a falta de um melhor posicionamento do nosso povo e a culpa é de muitos pastores que se acomodaram na "dolce vita". Não são contra nem a favor, muito pelo contrário rs...
    Deus abençoe você e família.

    ResponderExcluir