Tradução deste blog

sábado, 27 de novembro de 2010

POR MEDIADOR OU DIRETO COM DEUS?

Atualmente, é comum ouvir-se nos púlpitos das igrejas a seguinte frase:  "Eu profetizo a bênção de Deus para sua vida ou Deus me chamou para profetizar na sua vida" e vai aí por diante. Criticamos os católicos por que dizemos deles e para eles:  "Não precisa pedir aos santos, vocês podem ir direto com Deus".  E eu fico a tamborilar meus neurónios para ver se acordam e me ajudam a compreender essa "desordem institucionalizada" no meio do povo de Deus. Sempre que temos questões irrespondíveis no campo da razão humana e como o assunto fala de Deus, não encontro outra saída senão, ir para BÍBLIA SAGRADA, palavra de Deus, profecia completa, onde nada se deve acrescentar ou subtrair e começo agora a trazer a tona como forma de ajudar o povo de Deus, textos esclarecedores para entender este intrigante assunto; começo pelo livro de Hebreus.
Pensemos nas duas grandes dispensações; LEI  e GRAÇA.
NA LEI.
Temos a figura do sacerdote, cujo trabalho era apresentar sacrifícios pelos pecados do povo, operavam como mediadores ou medianeiros entre Deus e a nação hebraica.
SACERDOTE: Homens da tribo de Levi, filhos de Arão, consagrados para o serviço do altar. Não podiam apresentar qualquer defeito físico pois apontavam para Cristo, também tinham a função de julgar as causas difíceis do povo cf. Dt. 17:1-13.
QUALIFICAÇÃO: Tinha que ser da tribo de Levi, tinha que ser da família de Arão,  não podia ter qualquer deformidade Lv.21:17-24 e o mais importante; tinha que ser chamado por Deus como Arão Hb.5:4.
URIM E TUMIM.
Duas pedras postas no peitoral do sacerdote, entendidas por luzes e perfeições, com estas pedras, certamente as questões nacionais eram decididas pelo sim ou pelo não.
O OFERTANTE.
Homem ou mulher que tivesse pecado, qualquer que fosse a sua natureza, deveriam ir ao sacerdote e entregar sua oferta para o sacrifício.
O livro de Hebreus, presumivelmente escrito pelo apóstolo Paulo, descreve minuciosamente a importância do rito judaico, suas imperfeições e que exemplos trouxe para nós no tocante ao descumprimento ou relaxamento da lei e dos sacrifícios pelo povo.
NA GRAÇA.
Começamos pelo capítulo 10:19-22 de Hebreus que declara: "Tendo, pois, irmãos, ousadia para entrar no Santuário, pelo sangue de Jesus, pelo novo e vivo caminho que ele nos consagrou, pelo véu, isto é, pela sua carne e tendo um grande Sumo Sacerdote sobre a casa de Deus, cheguemo-nos com verdadeiro coração em inteira certeza de fé...".
a) OUSADIA PARA ENTRAR NO SANTUÁRIO.
b) PELO SANGUE DE JESUS (sangue da nova aliança com Deus).
c) PELO NOVO E VIVO CAMINHO.
d) TENDO UM GRANDE SUMO SACERDOTE SOBRE A CASA DE DEUS.
O caminho está livre. Deus convida você.
SEGUNDA QUESTÃO - Criticamos os jovens porque buscam sempre um ícone, uma referência para correr atrás e vejo muitos cristãos, correndo atrás de nomes e personalidades, quando deveriam correr atrás de Jesus pois ele nos deu vida. Todos eles passam, JESUS não passa.
Quando escrevi sobre "JESUS O MAIS DESACREDITADO...", aqui também temos vários descréditos ou seja; Jesus falou e ninguém lhe dá a devida importância.
1)  Jo 14:13 E tudo quanto pedirdes em meu nome eu o farei para que o Pai seja glorificado no filho.
2) Jo 15:7 Se vós estiverdes em mim e as minhas palavras estiverem em vós, pedireis tudo o que quiserdes e vos será feito.
3) Jo 16:24 "Até agora nada pedistes em meu nome; pedi e recebereis para que a vossa alegria se cumpra".
Os apóstolos, cheios do Espírito Santo, pregavam e curavam em nome de Jesus porém, o objetivo era alcançar os perdidos ou seja; os sinais seguiam os que cressem e quantos mais sinais, mais conversões. Hoje o que se vê é uma movimentação de crentes, correndo atrás de sinais e infelizmente, até pastores, se dissimulam para ir a reunião do Apóstolo Polinésio, para saber como trabalham. Como será que Jesus se sente.
Meu querido irmão, aprenda a confiar em Jesus, ele nunca decepciona.
Gosta do Salmo 23? "O Senhor é o meu pastor e nada me faltará".
Por isso que os Polinésios cobram caro das suas plateias. Tem quem pague.



Nenhum comentário:

Postar um comentário