Tradução deste blog

domingo, 7 de novembro de 2010

IGREJA DIVIDIDA: QUEM GANHA, QUEM PERDE.

Nesse mundo de Deus, já vimos e ouvimos sobre tantas coisas, que causam arrepios.
A nossa passagem por aqui é de curta duração e se comparado a eternidade, não passa de um sonho ou  pesadelo; depende daquilo que semeamos.

A primeira vez que ouvi falar em divisão, eu era muito jovem e a informação que recebera é que a situação estava tão insustentável que foi necessária a intervenção da polícia;  os crentes, VAZIOS do Espírito Santo, brigavam, cada um puxando a toalha para o seu lado. Bancos e cadeiras quebradas. Escândalo.

POR QUE UM LÍDER OU PASTOR DIVIDE.
O poder é um jogo bruto, poucas pessoas aceitam ser submissas a sua instituição, posso comparar a um empregado, inteligente que é admitido na empresa, (o elemento divisor, sempre é muito inteligente e astuto), adquire o que em inglês chamam de "know-how", conhecimento,  cria vínculo estreito com a clientela, prepara terreno e leva uma parte consigo. No caso de igreja, é da mesma maneira; ele é apresentado como novo pastor, a congregação o recebe e ele, todo empolado diz: Caros irmãos; Deus me trouxe aqui para ajuda-los. Sou grato a Deus e ao ministério, que me honrou, quero dar a minha vida para um trabalho vitorioso e bla bla bla e tome  bla bla bla.
Quem lembra de Absalão filho de Davi?
2Sam 13:39 Então tinha o Rei Davi saudades de Absalão...  
2Sam 15:03 Tendo voltado, dizia Absalão aos que passavam: "Teus negócios são bons e retos, mas, não tens quem te ouça da parte do Rei".  Assim Absalão procurava dominar o coração do povo.
Cabra! se tu é macho mesmo, cheio do Espírito Santo, é mais digno voce orar ao Senhor e confessar: Senhor eu não nasci para ser cauda, quero ser cabeça e como tu és o dono da obra e eu tenho caráter, vou entregar a igreja que me foi confiada e vou evangelizar, ganhar almas para o teu reino, e instituir o meu ministério. Vou devolver o que me foi confiado.
Quando há divisão, vai lá dar uma olhada nos crentes que foram levados; ficam soberbos, sempre que recebem notícia de um membro que saiu da igreja dividida, só faltam fazer festas, é um prazer mórbido chega a causar náuseas a quem ama a Deus.
QUEM GANHA?.
o cidadão,  que inconformado em ganhar uma fatia do queijo, (os queijos me desculpem) passa a ter o queijo inteiro no seu controle e põe controle nisso, aquilo que ele não gostava no ministério deixado para trás, passará a fazer pior ainda.
QUEM PERDE?
1) A igreja que sofreu a divisão, no fundo no fundo, os irmãos ficam tristes.
2) Os crentes que foram. Certamente o Espírito de Deus não aprova tais atitudes pois  estão sempre dispostos a brigar e defender o seu líder, salvo as honrosas excessões. Há os que vão por vínculo familiar ou de amizade ou ainda porque não percebem o que se passa nas coxias, aplaudem o ator, por ignorar regras básicas da palavra de Deus. (Gl.6:7; Fl.3:19; ICo 1:13)
3) Os que não ficaram nem foram, mas, escandalizados e frustrados,  deixaram a igreja para se refugiar em casa. Quem sabe o valor de uma alma, não comete tamanho vacilo.

CONSEQUÊNCIAS.
Lc 17:1 E disse aos discípulos: "é impossível que não venham os escândalos, mas ai daquele por quem vierem!".  O restante vocês conhecem, é só ler para saber o quanto essa bricandeira vai custar aos que promovem dissensões e divisões nas igrejas.


Nenhum comentário:

Postar um comentário